Associação Social e Desenvolvimento da Vila de Anta
26.2.10

A Associação Social e Desenvolvimento da Vila de Anta (ASDVA) nasceu em meados de 2000, pelas mãos de um grupo de pessoas reunidas a propósito da organização da Festa em Honra da Nossa Senhora dos Altos-Céus e S. Mamede.
Este grupo de pessoas sensibilizadas para as necessidades e carências sociais da freguesia, encetou esforços e viu a ASDVA a ser oficialmente reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social a 10 de Maio de 2001 (Diário da Republica nº 146/2001, III Série, de 26 de Junho) e como Instituição de Utilidade Pública a 23 de Julho de 2002.


A contínua reunião de esforços conduziu à doação de um terreno para a construção da seda da ASDVA, em 13 de Agosto de 2001, pela família Milheiro de Sousa, terreno esse de 3.150 m² situado entre as Ruas de Esmojães e do Meio, na Vila de Anta.
As várias carências sentidas da freguesia levaram a ASDVA a delinear um projecto que albergasse, simultâneamente, as valências de Creche, ATL, Centro de Convívio de Jovens, Apoio Domiciliário e Centro de Dia.
Na posse do terreno e do projecto de construção, a ASDVA lança a primeira pedra da sua futura sede a 16 de Setembro de 2001. Contudo, a elaboração e aprovação do Plano de Pormenor da Freguesia adia as pretensões e o início da construção do edifício sede. A demora na aprovação do Plano de Pormenor e a necessidade de dinamizar e alargar o trabalho da Associação conduziu à construção de um pré-fabricado em 2005.


As necessidades continuaram e em 2006 dá-se a integração na Rede Social de Espinho. Medida de política social criada pela Resolução do Concelho de Ministro 1997/97 de 18 de Novembro de 1997, que visa aumentar a eficácia social das medidas de intervenção e incentivar a cooperação e a parceria entre os organismos públicos e a iniciativa social privada, no trabalho de intervenção e promoção do desenvolvimento social.
Empenhada em reunir os meios financeiros necessários à construção da sua sede, simultâneamente, dinamizando social e culturalmente a população de Anta, a ASDVA vem desde de 2002 organizando festas, convívios e actividades. Dos quais se destaca pela sua dimensão e acolhimento por parte da população, cinco Festivais de Tunas Académicas (de 2002 a 2006).


Em 2007 a Associação abraça um novo projecto, com a dinamização de Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), em parceria com o Centro de Área Educativa entre Douro e Vouga. Os cursos destinados à população adulta com baixo nível de qualificações acolheram um grande entusiasmo por parte dos formandos.


Entre 2007 e 2009 foram realizados 12 cursos EFA, no âmbito da Educação Extra-Escolar, distribuídos por  Alfabetização e Actualização, Iniciação às Novas Tecnologias, Iniciação ao Inglês e Motricidade Humana.
O entusiasmo e a boa disposição dos formandos contribuíram para o estabelecimento de um ambiente formativo descontraído e animado, para o sucesso do processo de aprendizagem e para a projecção da Associação.


A ASDVA apresentou em 2008 a sua candidatura ao Programa PARES – Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, candidatura e consequente aprovação, que vai permitir a construção do edifício que albergara a valência da Creche.


Em 2009 a Associação apresentou uma candidatura ao POPH, que lhe irá permitira construir o edifício do Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário.

link do postPor asdva, às 10:53 

ASDVA
Quem somos e onde estamos